O Enterprise Resource Planning ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial (ERP) é um sistema de gestão para empresas que visam centralizar todos os processos corporativos em uma única plataforma, automatizando os processos e integrando as atividades de Vendas, Finanças, Contabilidade, Fiscal, Estoque, Compras, Recursos Humanos, Produção e Logística, entre outros. Escolher um ERP ajuda na organização, redução de gastos e amplia a eficiência da comunicação interna, além de garantir um gerenciamento mais seguro e adequado.

Escolher um bom ERP é muito importante para a sua empresa, já que ele vai gerir as operações de ponta-a-ponta, e uma implantação malsucedida pode determinar falhas e retrabalhos na operação, gerando uma grande dor de cabeça para toda a empresa. Separamos algumas dicas que podem te ajudar a escolher um ERP.

1. Ter um planejamento:

O primeiro passo é definir prioridades, etapas, métodos e os meios necessários para implantação de um ERP. Um erro comum são as estimativas de tempo e recursos necessários. Outra parte importante para levar em conta, é a ausência de análises e auditorias nos processos e políticas da empresa, antes da escolha do sistema. Muitas organizações não planejam antes de começarem a avaliar sistemas, o que resulta em confusão no meio do caminho.

2. Treinar os funcionários para o sistema ERP:

Os sistemas ERP estão cada vez mais intuitivos, porém não tem como eles ficarem mais simples, pois é um software que vai controlar a maioria das ações de todos os setores da sua empresa. Uma boa saída para aumentar o sucesso da implantação é assegurar que todos os seus funcionários estejam confortáveis com a nova ferramenta. Para se ter um melhor desempenho com a nova ferramenta, seus colaboradores precisam dominar a operação do sistema para realizar suas tarefas com o máximo de produtividade possível.

3. Escolher um fornecedor qualificado:

No mercado de ERP de hoje, existem muitas empresas de gestão empresarial nos mais diversos valores. Mas nem sempre o valor é um fator para se tomar a decisão, outros fatores precisam ser levados em conta, como a qualidade do serviço prestado, o suporte e o treinamento que será oferecido após a implementação. Algumas empresas optam por adquirir um ERP logo que recebem a proposta, e isso pode levar a um arrependimento. Antes de implementar um ERP, sempre é bom compara-los com outras soluções e avaliar as funcionalidades mais a fundo. O ERP necessita atender às necessidades e peculiaridades do seu negócio. Pode ser que ele seja excelente para a empresa ao lado, mas pode não atender a todas as suas necessidades, por isso, avalie com cuidado as diversas opções disponíveis.

4. Realizar testes de capacidade:

Testes devem ser realizados para saber se tudo o que foi desenvolvido, funciona na prática. É comum ao iniciar o trabalho, que a empresa seja surpreendida com a necessidade de aquisições de mais módulos, inúmeras customizações e outros serviços não previstos no orçamento original, além, é claro, de novos equipamentos.

5. Manutenções constantes:

O bom funcionamento e o sucesso do ERP vão além da implantação. Algumas empresas oferecem suporte ao seu ERP para que as manutenções preventivas sejam feitas de maneira adequada. Antes de fechar qualquer contrato, se informe como vai funcionar o suporte e manutenção do sistema. A cada dia surgem novas tecnologias e a evolução está cada vez mais constante, um ERP pode-se tornar obsoleto rapidamente e a sua empresa precisa acompanhar essa inovação.

6. Suporte para eventuais problemas:

Ninguém compra um produto pensando que ele possa apresentar problemas, e não é diferente com os ERPs, mas essa possibilidade precisa ser analisada com cautela, como será feito o atendimento e suporte caso a sua empresa precise de ajuda, e isso é tema de muitas reclamações. A maior parte das prestadoras de serviço cobram por visita, com isso, sempre analise esse assunto com cuidado, sua empresa está contratando um serviço para ajudar e no fim pode ser uma dor de cabeça. Opte por empresas que oferecem um plano mensal de contratação, assim haverá atendimento sempre que necessário e sem custos adicionais.

7. Ferramenta para integração:

Realizar a troca, validação e transformação de documentos, entre clientes, parceiros, aplicações e sistemas em geral, pode ser um problema para a sua empresa. Além de enfrentar longos prazos e projetos intermináveis gerando um alto custo para a sua empresa e para o seu cliente. Utilizando uma ferramentas para fazer as integrações com ERP, às suas Integrações serão automatizadas e a sua empresa terá um maior rendimento, podendo torná-lo conectado a inúmeras ferramentas existentes no mercado.


Solicite uma demonstração