Para algumas empresas pensar em Migração de dados já dá aquele dor de cabeça. Fazer a migração daquele banco de dados legados para um banco novo em Nuvem por exemplo, com inúmeras informações é quase um pesadelo. É comum acontecer de o gestor do projeto tratar a migração de dados como apenas uma pequena etapa em um processo maior. Isso pode levar a muitos problemas como o atraso ou até mesmo o cancelamento do projeto.

Segundo o Gartner 80% dos projetos de migração de dados não atendem às expectativas, com o passar do tempo e orçamento. E segundo ao IBM 83% das migrações enfrentam problemas. 72% das empresas adiam as migrações de dados porque é um processo muito arriscado. E por que tantos problemas para fazer essas migrações? Para explicar melhor essas questões e dar algumas dicas de como melhorar esse processo na sua empresa convidamos a especialista em Integrações de Sistema Samanda Jentig, com mais de 8 anos na área de T.I, e há 3 trabalhando com software de integração de dados, trabalhou em diversos projetos de migração de dados, e ajudou empresas a pouparem dinheiro e tempo com as integrações e migrações de dados, possui vasta experiência nesse assunto.

Segundo a especialista para se ter um processo de migração com sucesso o primeiro passo é criar uma estratégia de ponta a ponta sobre como funcionará esse projeto. Samanda coloca como principais riscos de uma migração de dados os seguintes itens:

  • Tempo de inatividade inesperado;
  • Excesso de orçamento;
  • Impacto do cliente ou da marca;
  • Corrupção de dados;
  • Problemas de desempenho de aplicativos;
  • Perda de dados.

Pedimos para a Samanda elencar os pontos decisivos em uma migração de dados e explica cada um.

Quando se fazer uma migração de dados?

Normalmente uma demanda por uma migração de dados, vai estar associada com a implementação de um novo sistema. É muito importante fazer quando uma nova tecnologia é implementada, e realizar a transferência do sistema legado para garantir a continuidade do trabalho na empresa.


Principais motivos para fazer uma migração de dados

Descontinuidade de Sistemas legados, adicionar novas linhas de mercado, nova implantação, relocação entre outros.


Como diminuir os riscos de uma migração de dados

Não tem como passar uma formula mágica, cada migração de dados é única, mas tem algumas boas práticas para tentar minimizar os riscos: ter alguns colaboradores ou até uma equipe focada apenas nas migrações, regras de negócios já estabelecidas por toda a empresa e não apenas só pela equipe; um bom planejamento com todas as etapas da migração; uma boa ferramenta para fazer as migrações, manter o backup atualizado entre outros.


Quais os principais custos

Atividades de remediação, indisponibilidade de aplicativos, custos de mão de obra, ferramentas e software, manutenção de sistema entre outros.


Até 2019, mais de 50% dos projetos de migração de dados excederão o orçamento e o cronograma e ou prejudicarão os negócios, devido a falhas de estratégia e execução. – Gartner Oct 2017.


Principais armadilhas dos projetos de migração

Deixar de envolver as linhas de negócios no início, ausência de políticas de governança de dados e estrutura organizacional, má qualidade dos dados em um sistema legado, negligenciar a validação e redefinir regras de negócios, falha ao validar e testar o processo de migração de dados, tempo de inatividade inesperado, excesso de orçamento, impacto no cliente ou na marca, corrupção de dados, problemas de desempenho de aplicativos, perda de dados. Algumas soluções de migração tradicionais, encontram inconsistências entre os sistemas de origem e de destino e muitos outros tipos de problemas, o que gera paradas.


Migração para Nuvem

A migração para uma plataforma de cloud tornará seus dados mais dinâmicos, seguros e confiáveis. Além da sua empresa ter um maior controle dos custos e uma redução contínua dos gastos da empresa com TI, terá um foco maior em projetos uma vez que migrando para plataforma em nuvem, a empresa não terá mais que se preocupar com backup. A empresa poderá oferecer um serviço mais adaptáveis, podendo proporciona uma maior capacidade de inovar e estar à frente dos seus concorrentes.


Evitar o retrabalho

Um problema comum na migração de dados é o retrabalho, acabar a luz no meio da execução, aparecer um campo onde não era esperado, um erro de digitação, nada disso é previsto no planejamento. Pior ainda é quando o erro é descoberto depois de milhares de registros migrados. E todo o seu trabalho de semanas ou até meses terá que começar tudo do zero. Uma boa saída para não ter retrabalho é utilizar uma boa ferramenta com ela sua empresa consegui diminuir o retrabalho e poupa recursos, uma vez que esse trabalho vai acontecer de forma automatizada. E todo o retrabalho de ficar corrigindo e verificando se não tem erros será eliminado. Seus dados devem ser migrados, validados e gerenciados, e essa ferramenta tem que garantir que os erros de dados sejam descobertos e eliminados imediatamente. Com uma ferramenta não é necessário e nem mexer nas estruturas das já existentes.

Conheça o ConnectUs

Profissionais especializados para as migrações

Esse é um ponto crucial para o bom andamento da sua migração de dados, ter bons profissionais envolvidos, pessoas com grande conhecimento do negócio, para que os problemas sejam reportados com mais consistência e perspectiva mais abrangente. Ferramentas prontas podem ajudar na agilidade, confiabilidade e tempo gasto para montar o processo de migração, uma ferramenta que seja simples e que não demande de programação, podem ajudar assim aquele seu colaborador que tem o entendimento das informações necessárias para a sua empresa estará apto para trabalhar com as migrações, e ainda com a vantagem de que todo o processo ser feito pelo software sem demandar de um especialista.


Backup para fazer a Migração

É muito importante antes de começar a migração do seu banco dados ter feito um backup dele. Pesquisam compravam que 34% das migrações perderam ou ficaram com dados corrompidos, 64% dos projetos de migração sofreram alguma interrupção inesperada/ paralização. Por isso a importância de um backup.


Ferramenta para fazer as Migrações

As ferramentas vieram para simplificar a migração e garantir que os dados sejam migrados sem erros, com o gerenciamento eficiente, sem interrupções, com cronogramas mais apertados, com projetos de maior complexidade e com recursos ilimitados. Na hora de escolher a ferramenta certo você deve levar em consideração a utilização de um software que lhe dê total gerenciamento sobre o fluxo dos dados, desde o mapeamento, identificação dos bancos de dados até a validação e consolidação da migração.

Uma boa ferramenta de migração deve transformar os mais complexos e diferentes projetos de migração de dados, reduzindo em muitas vezes os esforços da equipe e agilizar em muitas vezes esse processo que leva meses/anos para dias/horas. Reduzindo o tempo isso significa reduzir os custos. Sem contar em outros diferencias que essas ferramentas têm.


Não sabe onde encontrar uma solução completa para migração de dados?

Nós podemos ajudá-lo.

A SysMiddle é a melhor ferramenta de integração e Migração de dados que existe no mercado. Entre em contato e conheça o Connect Us, a fermenta mais rápida e fácil de utilizar, confie em um especialista na hora de fazer as suas Migrações de dados.

Fonte: Gartner
Solicite uma demonstração