Segundo a ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software), que realizou um estudo em conjunto com a consultoria IDC, o mercado de TI (hardwares, softwares e serviços) no Brasil cresceu 4,5% em 2017. Já na lista de investimentos em TI na América Latina, o Brasil registrou cerca de US$ 38 bilhões em investimentos em hardwares, softwares e serviços durante o ano de 2017, seguido por México (US$ 20,6 bi), Argentina (US$ 8,4 bi) e Colômbia (US$ 7 bi). No ranking mundial, o país ficou em nono lugar na lista.

Hoje fazer as tarefas do nosso dia a dia, apenas em papéis ou planilhas se tornou algo impossível. Com a ajuda de um software para automatizar todos os seus processos, sua empresa terá um controle maior dos recursos, poderá ter métricas e acompanhar o desenvolvimento em tempo real, sem contar que a mesma pode lhe ajudar a diminuir os custos, aumentar a produtividade e diminuir o tempo da execução dos seus trabalhos. Essas ferramentas atendem a diversas necessidades, muitas são criadas sob demanda para atender a empresas e nichos específicos. As Software Houses são responsáveis por projetar, desenvolver e ainda fazer a manutenção das soluções.

Um desafio das Software Houses é o profundo conhecimento de seus clientes ou do segmento de mercado ao qual o seu software irá atuar, ter um suporte de qualidade e que atende os seus clientes, conseguindo criar e entregar seus softwares sempre no prazo estipulado, além de ter seus projetos integrados com o seu cliente ou com os seus sistemas internos. Mas como se manter nesse mercado, onde a cada dia estão surgindo novas soluções e ao mesmo tempo que são descartadas outras tantas. Para que seus projetos continuem a ser relevantes para o mercado, você precisará avaliar as tendências que vão dominar o mercado neste e nos próximos anos. Não existe uma receita a se seguir, mas existem alguns passos que podem te ajudar a ter uma Software House de sucesso. Nós separamos alguns para te ajudar.

Conheça o seu cliente:

O primeiro ponto a se analisar ao se desenvolver um software, seja para um cliente especifico ou para um determinado segmento de mercado, é conhecer esse cenário, se aprofundar nele, tendo o maior número de informações que conseguir. Esse envolvimento será muito importante para que o software consiga atender as necessidades pelas quais ele está sendo desenvolvido, e seu cliente sempre deve estar participando de todo o desenvolvimento do projeto, assim ele terá uma maior clareza e a empresa poderá evitar erros ou equívocos na criação do sistema.

Suporte:

Um ponto importante é o atendimento técnico, e esse atendimento precisa ser diferenciado. Em muitos casos esse é o único ou principal canal de comunicação da sua empresa com o seu cliente. Seus profissionais que darão suporte as empresas precisam conhecer os seus clientes e também as suas regras de negócio, isso fará uma grande diferença e poderá ser um fator decisivo para o sucesso ou fracasso do seu negócio. Empresas que já entenderam a importância de um suporte de qualidade para os seus clientes, estão investindo fortemente nessa área da empresa.

Agilidade nas entregas:

A agilidade na entrega dos seus projetos, também pode ser um ponto crucial para o bom andamento da sua empresa. Veja na sua empresa quais as áreas de desenvolvimento que tem os processos mais lentos ou improdutivos, veja quais tarefas existentes que poderiam ser enxugadas do processo. E lembre-se de sempre entregar seus projetos nos prazos, afinal nenhuma empresa quer ficar com fama de que atrasa as entregas.

Integração:

Uma boa maneira de começar a automatizar a sua empresa é pelas integrações. Isso porque a integração entre os sistemas, não só exerce o papel de agilizar o trânsito de informações, mas também de criar um processo limpo e seguro. Se os sistemas não se conversam, isso pode comprometer o atendimento aos prazos e gerar inconsistência nos dados, sem falar na falta de agilidade. Ou então se você precisa de uma integração com o seu cliente e faz isso de forma manual, isso gera um custo desnecessário sem contar o tempo que será utilizado para essas integrações. Utilizando uma ferramenta para criar suas integrações, poderá diminuir o tempo dos projetos em até 15x e consequentemente seus custos também. Não necessitando de mão de obra especializada para realizar a integração, podendo trabalhar com a maioria das tecnologias existentes no mercado. Tudo isso de maneira muito rápida e fácil.

Ficou interessado em conhecer essa ferramenta? Nós da SysMiddle somos especialistas em integração, e podemos te ajudar a automatizar e simplificar esse processo. Para que a sua empresa se preocupem com aquilo que realmente importa, seu cliente, e deixe que a gente agilize esse processo de integração. Se você está interessado em fazer sua empresa crescer de maneira rápida e inteligente, faça como muitas empresas de tecnologia que já confiam na SysMiddle e automatizaram todas as suas integrações, saia na frente dos seus concorrentes.

Fonte: ABES - Associação Brasileira das Empresas de Software
Solicite uma demonstração